Lupa Lince

# MITO 1

“Refugiados são foragidos da lei. Essas pessoas deixaram seus países porque cometeram atos ilícitos por lá.”

Refugiados NÃO são criminosos, pelo contrário, são vitimas, que segundo a ONU “ [...] estão fora de seu país de origem devido a fundados temores de perseguição relacionados a questões de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opinião política. Também é considerado refugiado quem foi forçado a deixar seu país devido a conflitos armados, violência generalizada e graves violações dos direitos humanos.”

# MITO 2

"Os Refugiados deveriam ficar em seus próprios países. Não temos nada a ver com os problemas de outros Estados Soberanos.”

O Brasil comprometeu-se internacionalmente com o acolhimento de refugiados em 1960, quando ratificou a Convenção sobre o Estatuto dos Refugiados. Em 1997, as principais disposições desse tratado foram incorporadas na Lei 9.474/97, criando estruturas governamentais e fomentando políticas públicas e institucionais para tratar do tema de forma permanente na estrutura do Estado. 

# MITO 3

“O Brasil está sendo invadido por refugiados, isso vai elevar os gastos sociais e diminuir o número de vagas de emprego para nós Brasileiros”

Ao contrário do que se diz o senso comum, Refugiados podem contribuir para o desenvolvimento econômico e tecnológico do Brasil, e o impacto da entrada dessas pessoas no país, no que refere à crise do desemprego, é quase nula. Isso é o que aponta estudos realizados por especialistas, conforme divulgado em reportagem da BBC News e pelo portal G1.

Acesse a reportagem aqui:  https://cutt.ly/zfNgyKE

© 2023 por Plataforma Lince. Orgulhosamente criado por Wix.com

Ligue:

Tel: 027-981360090

Tel: 027-999841895

Endereço: 

Av Vitória, 950, Forte São João - Vitória/ES CEP: 29017-950